Póquer Online

As imagens de whisky e charutos estão invariavelmente associadas ao jogo de casino clássico póquer. Como tantas variações quantos os tipos de whisky existentes, este jogo tornou-se mais uma cultura do que propriamente um simples jogo de cartas.

Não são somente os 500 anos de história que tornam o pôquer tão popular hoje quanto antigamente - mas sim o jogo de mentes. Sim, o pôquer, como nenhum outro jogo de cartas de cassino, é um jogo de psicologia humana. Movimentar constantemente os olhos, medir o oponente, imaginar se a próxima carta do crupiê lhe dará a melhor mão, todos estes fatores fazem do jogo o que ele é - um jogo para profissionais.

Embora a história do pôquer se estenda por muitos séculos, foi apenas a partir da Guerra Civil americana que tornou-se o que é hoje - o maior jogo de blefe. A famosa cara de pôquer representa tudo o que o pôquer é. Você pode superar seus oponentes com um simples olhar ou uma sobrancelha arqueada...?

O pôquer contém tantas variantes que seria impossível descrever cada uma delas em esta pequena resenha. Essencialmente, os jogadores recebem uma mão de três, cinco ou sete cartas, algumas das quais podem descartar em troca de outras do crupiê ou das cartas comunitárias disponíveis na mesa de carteado. Quando cada jogador já tem sua mão de cartas, começam as rodadas de apostas. É aí que começam a habilidade e a diversão. A maioria dos jogadores pode ser lido como um livro aberto, dobrando-se quando tem uma mão ruim e continuando nas apostas quando tem algo a mostrar. No entanto, os melhores fazem um jogo totalmente neutro, provando ser o blefe a arma mais eficiente do arsenal do jogador de pôquer.

O clímax do jogo do pôquer vem com a revelação final. Trata-se da melhor mão do jogador ou do seu melhor blefe? - quase sempre nunca se pode dizer, já que os melhores sempre manterão suas cartas, e estratégia, próximas ao peito. Se você está em busca de emoção, então o pôquer é o seu jogo. Assim, saque seus charutos e puxe uma cadeira...

História

A maioria do jogadores da era moderna conhecem pouco para além do Texas Hold’em, mas a verdade é que existiram inúmeras variações do póquer que remontam à Pérsia e à China Antiga. O póquer chegou à Europa através de França, no século XVII, com um jogo chamado Poque. Foi provavelmente deste antecessor que derivou o póquer que conhecemos hoje.

À semelhança de muitos jogos de casino modernos, o póquer foi levado para o continente americano por colonos franceses. Começou por ter sucesso em Nova Orleães e alastrou-se por todo o oeste norte-americano ao ritmo da expansão populacional, mas só na década de 1860, durante a guerra civil americana, este jogo atingiu uma popularidade de dimensão histórica. Foi durante a guerra civil que muitas das regras e versões atuais do póquer foram estabelecidas, tal como o Draw Póquer, o Stud Póquer e o Straight.

O Texas Hold’em nasceu na cidade de Robstown, no sul do Texas, em meados do século XX, mas só apareceu aos olhos da ribalta quando foi introduzido num pequeno casino de Las Vegas chamado Golden Nugger, em 1967. Dois anos mais tarde o Dune Casino organizou o primeiro torneio de Texas Hold’em. Foi nesta altura que este jogo começou atrair atenções.

Em 1970, os irmãos Binion adquiriam a Gambling Fraternity Convention, que estava em vias de fechar as portas, e transformaram-na na World Series of Poker, que é hoje o maior torneio do mundo de póquer. A sua decisão de lançar o Texas Hold’em como atração principal viria a ter mais tarde ramificações em toda a indústria das apostas online.

Graças à World Series of Poker e o seu mediatismo televisivo, o Texas Hold’em tornou-se a versão do póquer mais popular em todo o mundo. Esta posição foi consolidada com o advento da internet em finais do século XX, o que garantiu a centenas de milhões de pessoas por todo o mundo a oportunidade de desfrutar do jogo Texas Hold’em e do póquer online.

Terminologia


O seguinte glossário apresenta termos que fazem parte da terminologia básica do póquer e outros que são especificamente utilizados no Texas Hold’em.
Apostas de Saída (Blinds): Apostas obrigatórias feitas pelos dois jogadores à esquerda do crupiê, o jogador imediatamente à esquerda do crupiê introduz uma “Small Blind” e o jogador imediatamente à esquerda deste introduz uma “Big Blind”.

Bluff: Tática utilizada por um jogador com uma mão de baixo valor na tentativa de levar jogadores com mãos mais fortes a desistir.
Buy-in: Valor das fichas que um jogador deve comprar para entrar no jogo.
Cartas Comuns (Community Cards): No Texas Hold’em, são 5 cartas jogadas com a face para cima que podem ser utilizadas pelos jogadores.
Flop: Primeira ronda, quando são colocadas em jogo 3 das 5 cartas comuns.
Flush: Cinco cartas do mesmo naipe.
Hole Cards: Duas cartas distribuídas ao jogador.
Par (Pair): Duas cartas do mesmo valor (e.g. par de ases, par de duques)
Pote (Pot): Valor total das apostas feitas em cada mão.
Rake: Comissão da casa em cada Pote. Esta é a forma como a casa lucra com o póquer.
River: Quinta e última carta comum que é colocada em jogo.
Ronda de Apostas (Round of Betting): Os jogadores podem escolher quatro opções em cada ronda: passar (check), cobrir (call), subir (raise), ou desistir (fold) .
Royal Flush: Straight no qual a carta mais alta é o ás (i.e. Ás-rei-dama-valete-10 do mesmo naipe). Esta é a melhor mão possível no póquer, no entanto é raro sair.
Straight: Conjunto de cinco cartas consecutivas de um naipe qualquer(e.g. Valete-10-9-8-7).
Tripla (Trips): Conjunto de três cartas de igual valor (e.g. Três valetes, três duques).
Turn: Quarta carta comum a ser colocada em jogo.

Regras

O jogo do Texas Hold’em começa com o crupiê ou um jogador a baralhar um baralho de 52 cartas. O jogador imediatamente à esquerda do crupiê lança a “Small Blind” (metade da aposta mínima) e o jogador dois lugares à esquerda do crupiê lança a “Big Blind” (aposta mínima). O crupiê dá duas cartas a cada jogador, começando pelo jogador à sua esquerda.

Dá-se então início à primeira ronda de apostas, começando pelo jogador à esquerda do jogador que lançou a “Big Blind” e continuando no sentido dos ponteiros do relógio. O jogador pode passar (se já tiver igualado a aposta máxima na mesa), cobrir (adicionar dinheiro ao pot igualando a aposta máxima), subir (elevar a aposta máxima na mesa) ou desistir (renunciar àquela mão, abdicando das apostas em mesa).

O flop: o crupiê retira de jogo a primeira carta do baralho e coloca em jogo as três primeiras cartas comuns. Começa outra ronda de apostas, começando pelo jogador à esquerda do crupiê. Depois é colocada em jogo a quarta carta comum. Joga-se outra ronda de apostas. A quinta carta comum é colocada em jogo. Dá-se por fim a ronda final de apostas antes dos jogadores mostrarem o seu jogo.

Se dois ou mais jogadores estiverem em jogo depois da quinta carta comum ser lançada, o vencedor é aquele que tiver a melhor combinação de 5 cartas dentre as 7 cartas possíveis (as 5 cartas comuns e as duas cartas que lhe foram distribuídas inicialmente).

As melhor mãos possíveis são, em ordem decrescente de valor:

Royal Flush: Straight Flush tendo o ás como carta mais elevada.
Straight Flush: Mão que contém 5 cartas consecutivas do mesmo naipe.
Four of a Kind: Conjunto de quatro cartas de igual valor e uma outra carta indiferenciada.
Full House: Mão que contém 3 cartas de um valor e 2 cartas de um outro valor.
Flush: Mão que contém 5 cartas do mesmo naipe sem nenhuma ordem específica.
Straight: Conjunto de cinco cartas em ordem sequencial, de um naipe qualquer.
Three of a Kind: Mão que contém 3 cartas de igual valor e 2 cartas diferentes.
Two Pair: Mão que contém dois pares de cartas, cada um de diferente valor, e uma quinta carta indiferenciada.
Pair: Mão que contém um par de cartas de igual valor.
High Card: Se ninguém fizer um Pair ou combinação superior, vence o jogador que tiver a carta de maior valor em mão (começando pelo ás).

Estratégia

Tal como todas as outras versões do póquer, o Texas Hold’em é um jogo de habilidade no qual a matemática, o bluff e outras estratégias avançadas podem ajudá-lo a chegar à vitória. Para quem é iniciante, o mais importante é conhecer a estratégia básica: saber quando as cartas que tem na mão valem a pena jogar, e quando deve renunciar ao interesse pela jogada e esperar pela próxima.

Como regra geral, quando recebe duas cartas que não sejam um par e que estejam abaixo de 10, as suas hipóteses de ganhar são baixas. Se receber um par, ou pelo menos uma carta de valor igual ou superior ao 10, então talvez valha a pena continuar e ver o que acontece. Faz também parte desta estretégia básica uma análise de custo/risco associada ao jogo que tem em mão e de quanto precisará de gastar para continuar em jogo. Por vezes, vale a pena apostar um pouco mais de dinheiro para ver o que acontece, equanto noutros casos o melhor a fazer é desistir e esperar até receber cartas melhores.

Dicas

• Não jogue todas as mãos. Todos somos competitivos, e em especial os jogadores de póquer, mas as leis da probabilidade dizem que não pode vencer as mãos todas. Com alguma experiência, aprenderá a distinguir as situações em que deve jogar ou desistir.

• Não continue a jogar uma mão só porque já investiu nela tempo e dinheiro. Esta regra é válida tanto no póquer como na vida real. Se o seu jogo não é bom e o os seus adversários elevaram bastante a parada, talvez seja melhor esquecer a sua aposta inicial e desistir da mão.

• Mantenha a calma. Os melhores jogadores de póquer nunca se enervam. Permanecem serenos, de pensamentos claros, e com os olhos postos no jogo e nos seus adversários.
Preste atenção às cartas comuns. Estas pertencem a todos, portanto, se estiver suficientemente concentrado perceberá qual a melhor combinação possível para si, bem como para os seus adversários.

Veja também

Sim! Eu quero saber mais acerca de bónus exclusivos, promoções e notícias.